História

Colônia de Rio Novo

A sua história teve início a partir de 30 de Dezembro de 1854, quando foi fundada a Colônia de Rio Novo, por meio de uma Associação organizada pelo Major Caetano Dias da Silva, e que tinha a sua sede no Rio de Janeiro, e da qual era presidente. Obteve, do Governo, concessão, nessa zona, dos terrenos devolutos, compreendidos no chamado 1.º Território, que depois foram divididos em lotes e vendidos a prazo a colonos estrangeiros, que para aqui vieram, para povoá-los.

            O 1.º Território compreendia as seções – Capim Angola, Deserto, Mundo Novo, Pau D’Alho, São Caetano, Santa Cruz, Santa Rita e São Vicente. Essas seções eram denominadas quarteirão.

            Quando o Major Caetano adquiriu, por concessão, o 1.º Território, já existia uma posse, que foi encontrada e respeitada – a posse do Sales.

            A Associação da qual Major Caetano era Presidente denominava-se – Associação Major Caetano, e estava a cargo do Conde de Condeixa, seu amigo íntimo, o qual muito o auxiliou na fundação da colônia de Rio Novo.

            O Major Caetano Dias da Silva era cidadão português. Era grande fazendeiro em Itapemirim, proprietário da fazenda denominada Limão. Essa fazenda possuía engenho para fabricação de açúcar, movido a vapor. Fabricava, ainda, na fazenda, alcatrão e vinagre, extraídos da madeira. 

Imigração e Colonização

Para colonizar essas terras, o Major Caetano Dias da Silva foi buscar, ele mesmo, colonos estrangeiros de diversas nacionalidades: Suíços, belgas, holandeses, franceses, italianos, alemães e austríacos.

Em dezembro de 1856 chegaram, à colônia de Rio Novo. 12 famílias de colonos suíços, compostas de 90 pessoas. Decorridos 4 anos, a metade dessas pessoas se encontrava doente ou havia falecido. A causa principal era a insalubridade reinante e a falta de recursos médicos e farmacêuticos, pois, nos casos de doença, não havia médico para socorrer os necessitados de tratamento. Havia, ainda, a dificuldade de transportes aos centros abastecedores.

Em 1875 vieram para a Colônia colonos italianos – tiroleses. Também vieram alguns chineses.

O início do desbravamento da então Colônia do Rio Novo se deu na localidade denominada Pau D’Alho, cujas terras eram banhadas pelo Rio Novo e alguns afluentes. A sede da Colônia foi localizada e estabelecida à margem desse rio. 

Criação do Município de Rio Novo

            A 23 de novembro de 1893, pelo Decreto n.º 30, era criada a Vila de Rio Novo, elevado, portanto à categoria de Município. A instalação oficial se verificou no dia 06 de janeiro do ano seguinte – 1984.

Decreto Nº 30  de 23/11/1983

Art.º 1.º - Fica desanexado do Município de Itapemirim o distrito do Rio Novo que passará a construir Município separado, tendo por sede a povoação do Rio Novo com a categoria de Villa.

Art.º 2.º - Os limites do novo Município, enquanto pelos meios constitucionais não for determinado o contrário, serão os mesmos da Lei n.º 5 – de 14 de abril de 1883 – que criou a freguesia do Rio Novo.

Art.º 3.º - Ficam revogados, etc.

 

Mudanças do nome do Município

            O município de Rio Novo, pela Lei n.º 9941, de 11 de novembro de 1938, estadual, teve o nome mudado para Itapoama, atendendo disposições contidas no Decreto – Lei n.º 311, de 02 de março de 1938, federal.

            As autoridades municipais e a população do município de um modo geral, não se conformaram com essa medida, a mudança do nome, do município, e, assim, em conseqüência de uma exposição encaminhada, ao Governo do Estado, em setembro de 1953, pela Prefeitura Municipal, quando uma Comissão Revisora do Estado preparava mensagem para ser encaminhada à Assembléia Legislativa, o Município passou a se denominar Rio Novo do Sul. Isto pela Lei n.º 779, de 29 de dezembro de 1953, o que passou a vigorar a 1.º de janeiro de 1954. Essa lei procedeu a uma revisão geral em todos os municípios do Estado do Espírito Santo e foi publicada no “Diário Oficial” do Estado n.º 8672, de 30 de dezembro de 1953.

_________________________________________

Fonte:
Rio Novo do Sul (Opúsculo) - Dr. Miguel Hemerly Elias
Espírito Santo - Brasil 
1ªEdição
2004

ACOMPANHE A PREFEITURA
Endereço
Rua Fernando de Abreu, n° 18 - Centro
Rio Novo do Sul/ES - CEP: 29290-000
Telefone
(28) 3533-1120
E-mail
ouvidoria@rionovodosul.es.gov.br
Horário de funcionamento
Segunda Sexta 07h00 às 13h00

Localização